02 maio 2009

8ª Edição Portalegre Spotzone 2009


Após ter estado na 7ª edição da Maratona de Portalegre e ter adorado,  este ano voltei novamente onde há semelhança dos anteriores anos as inscrições abrem no dia 1 Janeiro e que este ano em menos de 48 horas esgotou por completo com cerca de 3700 inscrições disponibilizadas pelos Ases do Pedal. 

Este ano fiz me acompanhar com algum pessoal do SDT, que para alguns foi o batismo neste grandioso evento sendo considerado por muitos a maior maratona de Portugal e como prova o seu número de participantes e seu espectacular percurso.

A manha começou perto das 6:00 da manha onde aos poucos fomos chegando e colocando as nossas meninas nos suportes dos carros, depois o ponto de encontro com toda a comitiva foi no café o Telheiro que já se encontrava aberto para o café da desperta… 
Seguimos em direcção a Portalegre, para tentarmos entrar o mais rapidamente no controle 0 que abria as 7h:00m da manha, onde já muitos betetistas aguardavam a sua abertura para se colocarem nos lugares dianteiros.


Na Frente do longo pelotão
Na zona industrial  já existia uma grande movimentação de betetistas.., uns a chegar outros aquecer, outros que tinham lá durmido e acampado, outros com relotes de come e bebes. 

Após nos equiparmos fomos passar o dorsal com as bikes ao controle 0, onde talvez já  estivessem mais de 600 bebetistas há nossa frente, o que não era muito mau pois teríamos mais de 3000 atrás.

Juntamos as bikes uma ás outras e fui passando o tempo de conversa, a fumar uns cigarritos e na bicha da casa de banho. Só existia uma única para tanta gente cagar.

As 9 horas e sem ouvir o habitual brifing pois parece que o micro teimava em não dar, lá foi dada a partida em direcção á Serra de S. Mamede. Mas antes e para aquecer as pernas foram 15 quilómetros em alcatrão sempre a subir até há divisória dos dois percursos. Um de 40km que seria no final de 56km com cerca de 1500m de desnível acumulado subidas e passagem pelas antenas pela primeira vez na edição do Portalegre.  O percurso de 100km com mais de 2600m de acumulado o que obrigou muitos participantes a ficarem mesmo pela meia maratona, o que foi o nosso caso.

Nos primeiros 15km de asflato sempre deu para fazer a selecção do pessoal com mais andamento. Á saida do alcatrão e rapidamente me apercebi do estado do piso e comecei a prever que iria haver muitas quedas e furos pois em quase todo o percurso existiram uma grande quantidade de pedras soltas bem com muito e perigosos regos e buracos da chuva. 


Olha eu sem mãos..lol


A partir dai até ao quilômetro 27 foi bastante rápido e já com muita gente furada/empenada e caída. Depois foram mais 15 quilómetros  a subir continuamente até ao alto de S. Mamede com 1025m de altura. 


Todo o percurso tirando o mau estado de piso com paisagem espectaculares, com boa assistência nas zonas de abastecimento, onde até bebida energética existia num percurso bem marcado/sinalizado, com transito cortado nas estradas de alcatrão bem como dentro de Portalegre, onde a simpatia e disponibilidade do enorme movimente de assistentes esteve sempre presente e faz esta maratona como uma das melhores do país.
A chegada com 56km nas pernas onde terminaram 1786 bttistas fiz a 32ºlugar com 2h:53m e no sorteio dos papelinhos há chegada ainda me saio um cubo traseiro XT. 
Considero este lugar como um dos melhores que fiz até hoje em provas, devido ao grande número de participantes bem como dureza do percurso, que me foi muito favorável com 30km a subir. 
A chegada foi feita ao lado do jardim habitual mesmo no centro de Portalegre, onde o pessoal pode assistir há chegada do resto dos participantes e pode usufruir de massagens, abastecimento sólidos e líquidos (bebida energéticas), bem como dormir uma soneca e descansar as pernas deitado na relva. 

Fui esperando pela chegada do resto do pessoal SDT de conversa com um companheiro. Após recuperarmos mais algumas das forças fomos para baixo onde tínhamos os carros e onde era a zona de banhos e almoço. Banho esse que com muita gente como se era de esperar lá usufruímos dos duches sem grande demoras e esperas, o mesmo se passou com o almoço, que foi chegar sentar e comer e conviver.
Mais um ano mais, mais um enorme numero de participantes e mais uma excelente maratona. Até para o ano..

Sem comentários: