Merino:: BTT

Meus rescaldos de eventos BTT

05 julho 2018

Cannondal Carbon 4 2019

-QUADRO
ALL-NEW F-Si, BallisTec Carbon, SAVE


Cannondale Carbon 4 2019
Apresentada em 2015, a F-Si original foi uma verdadeira mudança para as hardtails de XC. Foi a primeira hardtail desenvolvida para aguentar os tremendos novos percursos do Campeonato do Mundo.

Para a nova F-Si, a Cannondale utilizou tudo o que havia de excelente na versão original, como a geometria OutFront e o ágil triângulo traseiro Ai, e levou ainda mais longe e de forma única o desenvolvimento do produto. A nova F-Si é mais leve, suave, robusta e rápida que qualquer outra hardtail de corrida XC no mercado. É a mais avançada máquina de corrida para os mais fanáticos por cross-country.

Mais rápida nas subidas. Com apenas 900 gramas, o quadro Hi-MOD da F-Si é 80 gramas mais leve do que o seu antecessor e é o quadro de bicicleta de montanha mais leve que a Cannondale já produziu. Melhor ainda, a sua nova transmissão descentrada Ai fornece apoios da corrente súper curtos de 427 mm para mais tração e agilidade nas subidas, e espaço para pneus de 2.35”.
New Cannondale F-SI




Mais rápida em pistas planas. A nova rigidez adequada para corridas mantém as características que ajudam nos sprints, mas adiciona conformidade significativa ao quadro para redução da fadiga e melhor controlo.




Mais rápida nas descidas. Um ângulo frontal ainda mais folgado de 69°, combinado com o desvio descentrado extralongo da suspensão especial da Lefty, cria uma versão da geometria OutFront da Cannondale com mais capacidades de aceleração nas descidas, ao mesmo tempo que mantém a agilidade firme necessária para corridas de XC ao mais alto nível. E, obviamente, o desempenho incomparável da nova Lefty Ocho abre o caminho.


Nova Lefty Ocho

Recheada de vantagens para o cross-country, a nova F-Si é feita à medida para atender às necessidades dos fanáticos do XC.

O quadro Hi-MOD da nova F-Si ficou 80 gramas mais leve que o anterior e pesa 900 gramas. Além do baixo peso, o quadro foi redesenhado e agora tem chainstays mais curtos, com 427mm, que deve tornar a bike mais rápida nas subidas e ágil nas trilhas mais travadas e com uma largura apta a aceitar pneus de até 2.35 de largura.


A frente tem ângulo de 69º e offset mais longo para mais controle nas


F-SI Carbon 4
O quadro Hi-MOD da nova F-Si ficou 80 gramas mais leve que o anterior e pesa 900 gramas. Além do baixo peso, o quadro foi redesenhado e agora tem chainstays mais curtos, com 427mm, que deve tornar a bike mais rápida nas subidas e ágil nas trilhas mais travadas e com uma largura apta a aceitar pneus de até 2.35 de largura.
A frente tem ângulo de 69º e offset mais longo para mais controle nas descidas

-SUSPENÇÃO
ALL-NEW Lefty Ocho, 29", 100mm
Lefty Ocho



Já passaram mais de 18 anos desde que a primeira Lefty mostrou ao mundo que tipo de desempenho era possível se nos deixássemos de preocupar com o impossível, e a nova Lefty Ocho está pronta para o voltar a fazer. A sétima criação da original inovação no XC, é não apenas a primeira suspensão de braço único e coroa única, como também a mais avançada, suave e precisa suspensão de XC ultraleve já feita.



«De forma a impulsionar ainda mais o desempenho com a Lefty, tínhamos de começar do zero», disse Jeremiah Boobar, diretor de tecnologia de suspensão da Cannondale. «Precisávamos de trazer a Lefty de volta às suas origens no XC e repensar toda a estrutura da coroa para baixo».






Cannondale Lefty Ocho
O novo design da coroa retira mais de 250 gramas da anterior Lefty Carbon, tornando-a uma das suspensões absolutamente mais leves do mundo, sem deixar de ter a melhor rigidez geral de qualquer suspensão ultraleve. A sua rigidez personalizada é robusta onde for necessário e na quantidade certa para fluir na pista.

«No que toca a suavidade, a Ocho é incomparável», referiu Boobar. Com o seu novo telescópio de rolamentos de agulha Delta Cage triplos, menos vedantes e retentores causadores de atrito do que qualquer outra suspensão, além da suave e nova Chamber Damper, a Ocho é simplesmente a suspensão mais suave alguma vez feita. Com qualquer carga, em qualquer situação, ela não prende, não bloqueia, não treme e não hesita. O controlo é perfeito, com um puro e leve funcionamento da suspensão.

Com inúmeras novas características, concebidas para facilitar o uso e torná-la ainda mais confiável, a nova Lefty Ocho é verdadeiramente a mais suave e mais avançada suspensão XC ultraleve do mundo.

-AROS
WTB STX i23 TCS, 28 furos, tubeless ready
Aros WTB STX i23


O Asym i-23 TCS Rim da WTB usa um design assimétrico para criar um aro que distribui uniformemente a tensão, não requer dishing, e contribui para uma montagem de roda mais rápida. As jantes Asym fornecem uma opção leve, de maior desempenho e orientada para o valor que funciona excepcionalmente bem com máquinas de construção de rodas.

Leve, forte e Compatível com Tubeless
O Asym i-23 TCS é ideal para tudo, desde equitação cross country, all-mountain e enduro, e possui um perfil de borda interno completo TCS (Tubeless Compatible System). A liga High-end WT69 e um design de cavidade aberta mantêm o peso baixo, mantendo a rigidez e um alto nível de desempenho.




-CUBO TRASEIRO
Formula, 28 holes, 12x148 mm Boost

Cubo Formula
O coração do cubo traseiro clássico da J-Bend é o sistema freehub. A NEWMEN usa o sistema de catraca estrela de alta qualidade e caro que foi comprovado várias vezes. Como o cubo dianteiro J-Bend, o cubo traseiro tem uma quantidade maior de material ao redor dos orifícios dos raios para tornar o cubo mais forte. Todos os hubs NEWMEN também são desenvolvidos e produzidos na Alemanha.
O sistema de catraca estrela, comparado aos sistemas de lingueta, garante que todos os dentes da catraca estejam em uso. Os sistemas de linguetas, no entanto, têm o problema de que apenas uma lingüeta pode estar em uso, levando a uma maior tensão nos mancais livres. Quando muito estresse é aplicado (descidas) isso pode levar a uma falha total.
Para diminuir o ruído do raio (especialmente com raios laminados), os raios do hub J-Bend podem ser ligados sem que eles toquem um ao outro.
As tampas TA (tampas de ajuste de tolerância) mantêm todas as partes móveis do cubo perfeitamente ajustadas para que o cubo funcione suavemente.
O cubo possui mancais de cartucho selados duplos que usam uma graxa especial. A graxa possui uma resistência à água aumentada de 25% e uma temperatura operacional muito alta que evita que os rolamentos se desgastem e corroam. O eixo do cubo traseiro de 17 mm é duplamente revestido e economiza peso, garantindo um cubo extremamente rígido.

-CUBO DIENTEIRO
Lefty 60, 28 holes


O Cubo Dianteiro Cannondale Supermax Lefty 28 furos, fabricado para a lendária suspensão Cannondale Lefty. Extra largo, de modo a fornecer base estável para roda robusta, com uso livre de preocupações.


-RAIOS
DT Swiss Champion (Ai Offset dish - rear)

O DT Swiss Champion é um raio reto e liso feito de aço inoxidável-cromo-níquel. É muito confiável e ideal para uma variedade de usos. Perfeito para rodas allround fortes e duráveis. Peso por raio (264 mm) 6,94 g.



-PNEUS
Pneus SCHWALBE Racing Ray 29 x 2.25 ADDIX Performance TL-Ready | 2019
Schwable Racing Ray
Desenvolvido especialmente para a roda dianteira, o Racing Ray convence com tração extremamente boa em curvas e comportamento de direção preciso.
As hastes centrais escalonadas, com bordas longas e arredondadas, oferecem o máximo em curvas e potência de frenagem, além de proporcionar um rolamento suave e uma baixa resistência ao rolamento. Blocos de ombro estáveis ​​suprimem a dobra e alargam a área da borda, especialmente em curvas rápidas. Grandes folgas também aumentam a tração e aumentam as propriedades de autolimpeza do pneu. Graças ao composto ADDIX, o conceito geral deste pneu de corrida é complementado da melhor maneira possível.
TubeLess Ready

Na variante de 29 ", o arranjo dos blocos do piso é adaptado à maior área de contato, o que aumenta ainda mais as vantagens de desempenho das rodas grandes.

ADDIX é novo composto também para os pneus da linha de desempenho, mais aderência , mais velocidade, mais quilometragem A Schwalbe conseguiu isso através de um novo processo de mistura no qual os componentes para a preparação do composto de borracha podem ser mais precisamente contribuídos

Tubeless ready O pneu também pode ser movido sem câmara O uso de selante é necessário, mas a instalação é tão fácil quanto com os pneus sem câmara, e é claro que uma válvula sem câmara deve ser montada.



-TRAVÕES
Shimano MT500 Hydro Disc
Travões Shimano BR-MT500
As alavancas BL-MT500 de alta potência da servo-manobra proporcionam controle, enquanto as pinças BR-MT500 com isolamento térmico limitam o desgaste da pastilha de freio. O resultado da combinação no nível Shimano Deore é um desempenho de freio estável em qualquer condição.



Shimano Deore BR-MT500 
A alavanca de freio Shimano Deore BL-MT500 combina design suave com desempenho estável. Para rigidez, o cilindro mestre possui uma construção altamente rígida. A alavanca de freio fornece controle previsível com o equilíbrio certo de potência e rigidez graças à tecnologia de freio de alta potência Servo Wave. Compatível com I-Spec II. 

O fabricante recomenda a utilização da pinça de dois pistões BR-MT500 em conjunto com a alavanca de freio BL-MT500. O uso do paiper de quatro pistões BR-MT520 é suportado pela alavanca do freio BL-MT501.

O paquímetro Shimano Deore BR-MT500 fornece a mesma poderosa frenagem e construção suave como a alavanca BL-MT500. Seus pistões são isolados termicamente para um melhor controle do desgaste da pastilha de freio. Com sua força de frenagem estável, o freio a disco hidráulico MT500 também corresponde a vários estilos de pilotagem em Cross Country e Trekking.

O I-Spec II é um sistema de montagem integrado para alavancas de freio e câmbio. Só precisa de um suporte que economize espaço, forneça uma óptica mais limpa e economize cerca de 10g de peso. Além disso, o ajuste na direção horizontal oferece uma configuração individual otimizada. 

-PEDALEIRO
Truvativ Stylo 6K, 34T, Ai Custom
Truvativ Stylo 6K prato 34 dentes
O pedaleiro Truvativ Stylo 6K oferece desempenho consistente sempre. Esta pedaleira foi projetada para pilotos que se sentem mais em casa quando pilotam uma única pista sem fim. Apresentando braços de alumínio forjado da série 6000 e corrente de perfil de dente X-SYNC ™ 2 da SRAM, o pedaleiro STYLO é projetado para durabilidade e controle completo da corrente. A espessura de cada dente é precisamente tolerada e controlada para funcionar perfeitamente com os elos internos e externos da corrente SRAM Eagle. 


  • Menos peso com anel de montagem direta


  • Pedaleiro de montagem direta X-SYNC 2 mais acessível
  • Totalmente compatível com qualquer transmissão 1x




Os anéis de corrente SRAM X-SYNC 1X proporcionam o mais alto nível de desempenho e durabilidade. As bordas dos dentes quadrados altos SRAM X-SYNC engatam a corrente mais cedo do que os dentes tradicionais em forma de triângulo. O perfil do dente afiado e estreito, bem como as bordas arredondadas do chanfro, ajudam a gerenciar uma corrente defletida. Para fornecer o melhor desempenho possível em condições de lama, os anéis de corrente X-SYNC foram projetados com recessos de remoção de lama para os elos e rolos internos da corrente. Projetados na Alemanha, os anéis X-SYNC são parte integrante do trem de força SRAM 1X . 

-EIXO DE PEDALEIRO
Cannondale Alloy PressFit30
Nós da SRAM vimos a oportunidade de fazer um melhor sistema de encaixe à pressão, onde o melhor dos braquetes de base BB30 e PressFit seriam combinados em um pacote cativante. O PressFit 30 contará com uma vedação integrada, pré-montada nos copos, para prolongar ainda mais a vida útil do rolamento.
A principal diferença com o PressFit 30 é como os rolamentos são encaixados no chassi. Os rolamentos são alojados em copos de náilon que serão pressionados na estrutura do suporte inferior. Este suporte inferior é projetado para pedaleiras de eixo de 30 mm.
As estruturas precisarão de uma concha de suporte inferior de 46 mm de diâmetro interno para acomodar esse sistema. O PressFit 30 para estrada exigirá uma carcaça com 68 mm de largura, enquanto o PressFit 30 para MTB exigirá uma carcaça com 73 mm de largura

 -CORRENTE
SRAM NX Eagle, 12-speed
base de cada sistema de tração Eagle é a sua corrente – e a cadeia NX Eagle é projetada e fabricada usando a arquitetura SRAM da Eagle, portanto, é totalmente compatível com todos os outros componentes do “ecossistema” Eagle. A corrente NX Eagle apresenta construção sólida de pinos, Eagle PowerLock e deslocamento suave e eficiente com os quais se pode contar sempre.

RECURSOS / BENEFÍCIOS

O conector de corrente Eagle PowerLock com tecnologia FLOW LINK fornece melhor orientação da corrente e maior longevidade.
Recursos e design exclusivos também oferecem resistência ao desgaste significativamente aprimorada em cassetes e anéis Eagle.

-CASSETE
SRAM PG-1230, NX Eagle, 11-50, 12-speed
Cassete Sram PG-1230 11-50
Ande em qualquer lugar com a ampla faixa de andamentos da cassete PG-1230 do grupo Eagle de 11 a 50 dentes. A cassete NX oferece aos “BTTistas” toda a faixa de subida que o grupo Eagle proporciona uma melhoria simples para as rodas livres, especificas SRAM. O PG-1230 é a única cassete Eagle projetada com durabilidade suficiente para suportar as crescentes necessidades de aplicação E-MTB e uma solução perfeita para o uso e o abuso.
RECURSOS / BENEFÍCIOS

  • Compatível com “cepos” ou rodas livres de 8, 9 e 10 velocidades.
  • Este cassete PG-1230 é parte integrante da transmissão SRAM Eagle.
  • Grande amplitude de andamentos 11-50 dentes – perfeita para qualquer passeio com mudanças de engrenagem optimizadas em toda a gama
-MANÍPULO TRASEIRO
SRAM NX Eagle, 12-speed
Manipulo SRAM NX Eagle
O novo dispositivo de mudança de andamentos NX Eagle significa que a sua seleção de andamentos é muito preciso em toda a ampla gama de cassetes Eagle.
A sua enorme amplitude significa que você nunca tem de se preocupar em ter a mudança certa para o tipo de terreno. NX Eagle significa deslocamento fácil e intuitivo para cada ciclista.

Características e benefícios:

A tecnologia Eagle cria um sistema de deslocamento da mudança mais suave e preciso com confiabilidade excepcional.
Também disponível como uma opção mudanças Eagle específica para E-MTB, limitando o “gatilho” a um único andamento.
Compatível com Matchmaker X.


-DESVIADOR TRASEIRO
NX Egle
Desviador Trazeiro SRAM NX Eagle
Este novo desviador NX Eagle apresenta design, já testado e aprovado, X-HORIZON, específico dos grupos SRAM 1x. O rolete inferior X-SYNC maior, de 14 dentes, facilmente acomoda a cassete 50 x 11 e/ou de 50 x 10, aumentando a sensação geral de pedalada suave do NX Eagle. A ROLLER BEARING CLUTCH, Tipo 3, proporciona um desempenho e uma durabilidade silenciosos e consistentes.
NX Eagle
CARACTERISTICAS/BENEFÍCIOS
  • Desviador traseiro completamente novo, incorporando o, totalmente, comprovado design X-HORIZON e a tecnologia Type-3 ROLLER BEARING CLUTCH.
  • O sistema de montagem e o posicionamento CAGE LOCK são Eagle, estes adicionam robustez.
  • Tecnologia de roletes Eagle. Proporciona maior eficiência, e funcionamento mais silencioso.
-GUIADOR
Leonardi Luke Carbon
Guiador Leonardi Luke Carbon
Guiador leve e estável para uso Cross Country e Marathon. Com a produção especial, o padrão de alta qualidade é aparente à primeira vista. Uma superfície lisa e livre de vazios e espessuras de parede uniformes atestam o fato de que as demandas mais altas são colocadas na produção. A estabilidade é assegurada por reforço de kevlar, fluxo de fibra otimizado e melhor processamento. Como de costume, a parte central da área de fixação não é muito larga para proporcionar espaço suficiente para a montagem do freio, câmbio e outras alavancas adicionais.

-AVANÇO
Cannondale C3, 3D Forged 6061 Alloy, 1-1/8", 31.8, 7-degree

-SELIM
Selle Italia SLR X-Cross Flow

selim Selle Italia SLR X-Cross Flow
O selim Selle Italia SLR X-Cross Flow é fabricado com um revestimento durável com painéis antiderrapantes e carcaça reforçada. A linha X-Cross oferece o melhor design, funcionalidade e caraterísticas técnicas num selim específico para offroad.




-ESPIGÃO DE SELIM

Leonardi Fatory Alulite 27.2mm

Espigão Leonardi Alulite
Leonardi torna o seu mundo melhor, especialmente em quadros pequenos que são pilotados por grandes pilotos, muitas vezes perdendo apenas alguns centímetros para alcançar a posição ideal. Com o BO Alulite da Leonardi Racing, esse problema agora é nada mais. O espigão extra longo e bem feito é artisticamente feito de alumínio leve CNC fresado. Para reduzir ainda mais o peso, é aplicado no terço superior, efeito colateral positivo - um pouco mais flexível para maior conforto. A fixação do espigão de selim de alumínio leve é feita de alumínio usinado CNC e permite um ajuste contínuo da inclinação do selim de -5 ° a + 29 °. O espigão de selim vem com uma robusta braçadeira de duplo parafuso e em dois diâmetros de tubo.

-PEDAIS
SHIMANO XT SPD-M8000
Pedais Shimano XT
O par de pedais é uma melhoria notável nas versões M780. Respondem perfeitamente às suas necessidades com um funcionamento sem falhas em todas as circunstâncias.
O grande extra é a maior superfície de contacto sapatos-pedal, graças à plataforma ligeiramente mais larga (2,8 mm) e mais baixa, e foram revistos para melhorar a transferência de potência.
A escolha pela qualidade, sem quaisquer dúvidas para as suas saídas de BTT regulares, em Cross Country, Trail e All Mountain.





-GRADE DE BIDON
Elite Cannibal
ELITE Cannibal
A grade de bidão Cannibal da ELITE foi concebida para proporcionar um grande conforto de utilização.
O formato especial e a tecnologia ARS (Adjustable Retention System) permite-lhe retirar e colocar a grade de bidão pela lateral ou por cima muito facilmente, mantendo a garantia de bom apoio. Também é robusta e leve graças à sua conceção em fibra reforçada.
É um modelo que fará maravilhas em BTT e que se adapta perfeitamente aos quadros com slopping acentuado.
-Ponto Negativo

Peso

Com a troca de Selim, espigão de selim e guiador

11,400kg

03 junho 2018

5º Prova do TMBI em Belmonte

Esta foi a quinta e ultima prova do trofeu de maratona da beira interior, onde o pódio do segundo e terceiro lugar ainda estava por decidir, no meu caso, estando eu no terceiro lugar, podendo no final deste evento subir ao segundo ou descer ao quarto.

Saída perto da 6h em direção a Belmonte, onde tive a boleia do Guerra e companhia do Vítor e da Vânia, com a chegada pouco depois das 8h da matina. Este ultimo evento o SDT apresentou-se com cinco elementos.

Saída separada de 5 minutos da distancia maratona da meia-maratona, mas sem grande beneficio.., pois cerca de dois quilómetros a frente, junto a uma retunda a distancia maior estava parada a nossa espera. Separado por uma viatura da organização percorremos mais dois quilómetros, onde voltamos a parar e esperar mais mais 5 minutos, após a saída novamente da distância maior. Com tanto para e arranca os primeiro quilómetros não me senti nada bem, perdendo a frente da corrida logo no primeiro quilometro, alem da pouca vontade o corpo também não estava ajudar.

Lentamente em zona rolante comecei a recuperar o rimos e com ele a recuperar lugares.
Cerca do quilometro 10 já me encontrava junto dos meus adversários master 35 e entre outros escalões. Finalmente comecei a entrar em mim e antes da primeira subida mais acentuada mantive-me colado ao pessoal mais novo, ficando um dos meus adversários para traz.

Mas ainda havia muito para pedalar, com o apoio e boa disposição do atual campeão master 40, o Castrol, fui gerindo o esforço á “boleia” do grupo composto por cerca de 6 elementos, na perseguição da frente da corrida, composta apenas por um atleta isolado desde os primeiros quilómetros.

Por ali seguimos onde acerca do quilómetros 33 surgi-o a maior dificuldade com uma subida com cerca de 3km que começou a fazer mossa, mas mesmo assim mantivemos todos perto uns dos outros, ate que quando cheguei ao ponto mais alto daquela subida uma fita mais alta a “cortar” uma estrada me deixo dúvidas no trilho por onde seguir. Parei e aguardei pelo Castrol que seguia logo a traz, que também estava duvidoso do caminho a seguir. Desci pelo trilho da fita durante cerca de 200m não avistei qualquer fita, o que me fez voltar novamente para traz onde o meu companheiro aguardava. Voltei a constatar que não existia mais ninhem trilho alem do que já tinha percorrido e voltei novamente a faze-lo, ate que muito mais á frente lá comecei nomeante a ver as fitas, mas com tanto volta para perdi uns minutos e com ele o meu adversário do escalão e com receio de ser alcançado pelo outro master 35 mais atrasado...

Restantes quilómetros voltaram a ser rolantes onde solitário percorri com atenção redobrada nas as marcações que nos últimos quilómetros deixaram muito a desejar. O últimos dois quilómetros foram sempre a subir até a meta.  

Ao fim de 45km e cerca de 1000m acumulado, concluir a prova com o tempo de 01:59h, 2º Master 35 e assim consolidar o 3º lugar no final do troféu embora empatado com os mesmos pontos do 2º classificado, comprimido assim o meu objetivo principal para este troféu.. O pódio..

Adicionar legenda


Foi uma experiência positiva, conheci novos atletas, novos trilhos e para o ano estarei de volta sem dúvida..

Para terminar um agradecimento á minha família, ao meu SDT e aos meus companheiros pela força e apoio, bem como a biciaventura