25 março 2018

1º prova do TMBI, Cebolais de Cima


Troféu de Maratona da Beira Interior, resulta no somatório de pontos por cada escalão de idade adquiridos em cinco provas federadas, na distancia de meia-maratona ou maratona..

Este trufeu é uma das minhas principais prioridades para o ano de 2018.., já que tem a distancia mais curta de meia-maratona.
Para poder participar no troféu e pela primeira vez tive que me federar na federação de ciclismo..

Esta primeira prova realizou-se na freguesia de Cebolais de Cima, conselho de Castelo branco, onde o SDT se estreou igualmente em eventos federados com quatro elementos.

Para esta primeira prova tive a companhia da minha esposa e filhota que com habitual não quiserem ficara de fora desta estreia..

Chegada a Cebolaies cerca das 8:15h, junto ao campo de futebol estava montando o estacionamento, secretariado e partida/chegada. Levantamento do frontal e dorsal sem grande confusão onde a minha categoria competitiva é os master 35.
A partida estavam diversas boxes, divididas pelos escalões do TMBI e um boxe á parte para a promoção, com a saída de cinco minutos mais cedo a distancia maratona.
Cinco minutos passados e foi dada a saída para a minha distância, com os primeiros quilómetros logo a subir. “Colei-me” junto a frente da corrida e gerindo os dez primeiros atletas ali me aguentei até entramos uma zona de eucaliptal, cerca do quilómetro 15 enrolou-se um bocado enfiou-se um pau na roda traseira, entre a cassete e os raios, obrigando-me a paragem forçada de alguns preciosos segundos.

Puxei o ramo que se parti-o, ficando lá um bocado de pau metido. Tentei seguir mais uns quilómetros, onde em zonas a subir consegui recuperar novamente os lugares, só que quando tinha que deixar de pedalar (nas descidas) o cepo da roda não rodava e a corrente ficava toda enrolada..

Tentei mesmo nas descidas dar a pedalar, ate que a corrente saltou para fora do pedaleiro.
Numa zona em single encostei para o lado ao junto de um fotógrafo da organização que prontamente com ajuda de outro pau mais rijo, conseguimos remover o que me estava a bloquear o cepo de rodar.
Alguns minutos perdidos, mas problemas resolvido. Muitos lugares perdidos mais ainda restavam cerca de 27km para o final.. Sentindo-me bem fisicamente, aumentei o ritmo e comecei a recuperar lugares a traz de lugares.

Cerca de 10km para o final já andava perto dos primeiros lugares, o pior era que as cabrias já estavam a dar sinal e a maior dificuldade ainda estava para vir, uma dura subida em zig zag com cerca de 3km. “Devagar e pedalada certa” mantive o meu ritmo onde ao fim de 47km com um acumulado de 1200m cortei a meta no 8º lugar á geral, desconhecendo a minha classificação no escalão estava contente pela minha prestação em eventos federados.
 
Mais fiquei ao almoço quando foram afixadas a classificações e deparei-me com o 2º lugar em master 35, cumprindo assim o primeiro objetivo e subindo ao pódio, somando os primeiros pontos no TMBI.

Em relação a organização e percurso só tenho a dizer maravilhas, os meus sinceros parabéns, tudo bem marcado, bem organizado e principalmente os meus parabéns a quem escolheu o percurso, brutal um bocado de tudo, muito diversificas e divertido. Adorei..

Sem comentários: