09 julho 2015

VI Maratona BTT Piranhas do Alqueva

"As piranhas acabaram com minhas pernas".

Para este domingo o próximo round foi a prova em Reguengos de Monsaraz, piranhas do Alqueva, prova esta que fez parte do calendário XCM e que contou com cerca de um milhar atletas.

O Sobe e Desce Team não quis ficar de fora e apareceu com 15 atletas..

Já com frontal levantado no dia anterior, (agradecimento ao companheiro Pedro Guerra), ganharia alguns preciosos minutos na saída, mesmo assim e sabem que estavam cerca de 400 atletas confirmados para os 55km sai cedo de Estremoz em direcção a Reguengos com a companhia da minha namorada.
 
Chegando sedo foi logo para o controle zero onde encontrei o amigo Lino e colocamos as maquinas na segunda fila junta da linha de saída..
Ainda cedo fui conversado com outros companheiros conhecidos.



O calor era talvez o facto inimigo numero 1, esperados cerca de 37 graus já que a nível de altimetria a maior dificuldades seria a subida a Monsaraz.
Saída muito rápida, rolei sempre junto ao grupo da frente, grupo esse todo da mesma distância, já que a saídas foram divididas por distâncias.

A meio do percurso lá estava o castelo de Monsaraz onde andes da subida consegui engrenar na cabeça do grupo da frente com cerca de 10 elementos.

A subida ate ao castelo com o início mais técnico e estreito pelo meio de pedras do que de inclinação o grupo manteve a se, onde acabou por acontecer um adiantamento de dois atletas na zona mais inclinada, tendo eu ficado no grupo perseguido com mais 4 atletas, ainda nos enganamos e fizemos mais uns metros fora do percursos, perdendo de vista o dupla de fugitivos.

Na descida perdemos um elemento o Flávio com desistência de furo veio a zona plana onde no percurso caracterizado por planície fomos os 4 trocando as posições e eu brincando com a rapaziada conhecida destas andanças...
Cerca de 12 km para a meta numa curta mas inclinada subida não reparei num ramo seco caído no chão e enfie-me nele, tive que por os pés no chão, quando me surgi-o uma, ou varias combrias tao forte que me bloquearam as duas pernas... Alem das dores a sensação de querei andar e ter as pernas presas foi horrível. sem me consegui dobrar as pernas , encostado a bike foi arrastando os dois pés ate ao ponto mais alto onde estava um elemento do staff e os meus companheiros nunca mais os avistei.. Consegui sentar-me na bike e com um empurrão do elemento da organização lá, comecei a descer uma estrada de sabre onde nas pernas continuavam atrofiadas, ate que na curva acabei por cair, graças a deus só apenas com umas pequenas escoriações, queda que a anos que não tenho em bike de btt...
Levantei gritando enraivecido ao murro as pernas e em cadencia leve lá retomei o percursos, ja que tinha perdido derrepente umas poucas de posições só restava tentar manter. Assim foi ate final a gerir o esforço onde cortei a meta no 6 lugar geral, 2 dos meu escalão, com o tempo de 02:11m, frustrado não pelo resultado final, mais sim por ter sido traído pelas piranhas da combrias..

Aguardei a chegada do pessoal SDT onde antes ainda aproveitamos a fonte para nos refrescar mós, lavarmo-nos e brindados a amizade e convívio.

O almoço fora combinado na Amieira onde na totalidade da comitiva/ família SDT éramos 31 elementos..


Parabéns á excelente organização/staff pelo grande esforço, dedicação e simpatia, a provar o sucesso cerca de um milhar de betetista em Reguengos, boas marcações, muito staff, só mesmo o percurso é que foi o elo mais fraco com muito estradão e pouca variedade paisagística, só mesmo Monsaraz a fazer a diferença. 

Sem comentários: