25 setembro 2012

MARATONA Montargil BTT - TRAIL RUNNING


Inicialmente estava em duvidas de participação entre esta prova ou a do fim-de-semana seguinte na vila do Torrão,
mas como a organização era a cargo do BTT Sôr e com ela vinha-me á memoria duas excelentes provas em participações antigas na vila de Ponte de Sor. 
A juntar o útil ao agradável estava mais pessoal SDT também inscrito, que me fez optar por esta, mas só na última semana é que me apercebi que afinal a prova era em Montargil e não em Ponte de Sôr.

A manha começou antes das 7 horas, onde com minha saída á porta de casa me deparei com uma enorme trovoada. Fui buscar a bike e aguardei a chegada do Luís B., onde na colocação do suporte e da bike foi debaixo de chuva. Juntamos a comitiva e apos o café debaixo de muita agua seguimos em direcção a Montargil, onde no caminho as duvidas seria a participação no btt, ou só no almoço.

O chegado já tinha a chuva parado, mas as possas de água e lama estavam instaladas. Levantamos os frontais de forma um pouco lenta no local muito enlameado e com pouca animação, onde vinha um saco tipo de PC com um picante e uma pequena lembrança feita artesanalmente em madeira. Fomos equipando onde o dia continuava cinzento, mas sem chuva. Fiquei perto da linha da frente da partida, onde parecia ter havido muita desistência inicial, pois estavam esperados cerca de 350 participantes divididos na vertente BTT para os 40km e 70km e mais uns na vertente runing de 40km, onde muitas vezes salientei a vontade de participação nesta modalidade, mas não havendo uma distância mais curta acabei pelo BTT.

A partida começamos no meu pior cenário, a subir, subir.., tentei mantei o meu lugar confortavelmente mas com inicio muito forçado, pouca vontade anímica e algum canção de ter voltado a corrida durante a semana. A divisão fora logo ao inicio, cerca do quilometro 4, onde seguia em 6º lugar.., mas estava em dia não parecia as pernas não querem dar mais para me aproximar do grupo da frente, acabando por ser ultrapassado por mais 3 atletas. Segui a roda deles sempre com eles debaixo de olho, onde ao quilometro 14 (parece ser sina) acabamos por enganar no percurso.., acabando eu por beneficiar, pois era o mais atrasado do grupo, ficando assim colado ao grupo com cerca de 5 atletas.

Mais uma vez o pé no chão..,  e a seguir a pé.
Fomos pedalando com um percurso diversificado com sobe e desces, algumas zonas de areia por vezes por zonas que eram piores que os "caminhos de cabras". Com pouco espirito de sacrifício fui seguido na cauda do grupo ate começar-mos a subir por um trilho estreito e enlameado, onde antes já nos tinha-mos voltado a enganar... Nesse trilho (carreiro de animais) os pneus começaram a encher de lama e a corrente a fazer "chupão", no cimo era a picagem onde tive tempo e paciência de esperar que o pica fosse trocar o agrafador por uma esferográfica á carrinha onde já tinha cerca do km 22 pedalados. Desci em direcção á barragem onde começou a chover e onde aquela zona estava mais saturada de agua, onde reparei que com os chupões a protecção de escora jã estava rasgada junta á pedaleira.., ficado com cada vez menos vontade de continuar. Fizemos algumas centenas de metros na zona junto a barragem entre muita areis, pedras redondas onde de vez em quando lá ia o pé ao chão, cheguei a zona do parque de campismos percorre-mos uma zona muito estreita junto á rede do parque onde as placas de direcção e perigo não exigiam. 

Ao chegar ao pe da estrada de alcatrão, sem motivação, vontade e já estava tão farto daquele cenário, onde o estado da bike também não ajudava(estalar por todo o lado), passei por dentro de uma grande poça (de molhado não passava), para tirar a areia/lama da corrente e não pensei duas vezes com cerca de 27 percorrido meti-me pelo alcatrão em direcção a Montargil onde ao fim de 5km estava na zona da meta. Dei baixa do dorsal e esperei apanhar mais uma molha esperei pelas mulheres dos meus companheiros que tinham a chave da carrinha.
Depois de um belo banho, assisti a chegada dos participantes


Com o aparecimento delas foi tomar um belo banho bem quentinho, onde poucos tinham acabado e outros desistido. Foi apara cima novamente para o local da chegada aguardar a chegada dos meus companheiros.

Com a chegada com pessoal veio a melhor parte, o almoço e convívio, servido na cantina da escola com uma bela sopa de peixe e grelhados, onde fomos convivendo.

Sem comentários: