26 março 2012

3 Horas Resistência Barbaris BTT Team



Apos alguns convites do pessoal amigo e colegas do pedal da freguesia de Barbacena, desta foi de vez com a minha participação nas 3 horas resistência BTT Barbaris Team.
A manha começou por volta das 7:30horas onde pela primeira vez me descolei solitariamente a um evento de BTT.

Por volta das 8:00 e pouco cheguei a esta simpática aldeia onde me juntei a comitiva do CCElvas. Fiz o levantamento do dorsal onde o saco vinha bem aviado, com uma t-shirt, porta-chaves e uma caixa de silicone pra moedas e papeis.
Lentamente e conversando com o pessoal de Elvas fui-me equipando onde antes da hora ja estava na segunda fila da frente da partida, onde estavam cerca de 100 participantes na manga aguardar a hora para três de sofrimento...

A partida foi dada onde o primeiro quilometro começara muito rolante e em altas velocidades, com a pulsação a disparar, foi lentamente me posicionado.., concluindo a primeira volta na 8 posição, a segunda e terceira volta recuperei mais um lugar, onde lentamente me ia animando pessoalmente pois o meu objectivo era o top 5 com direito a trofeu.

A quarta volta recuperei mais 2 lugares e adentei-me dos restantes que me estavam a "morder os calcagares", isto com uma hora e meia já passada e um grande ritmo onde o percurso era principalmente composto por estradão com muita areia, duas subidas mais inclinadas e algumas zonas mais técnicas, uma delas a segunda passagem de um ribeiro pelo meio de pedras e uma vala cheia de agua, local esse que foi sempre a minha maior dificuldade, pois de bike não o consegui transpor e a pé escorregavam-me os sapatos nas pedras, molhando as pernas e assim activava as "piranhas" mas enfim lá se foi passando.

Com uma hora e meia ainda para fazer á que continuar a pedalar onde me colei ao 4 classificado e em conjunto concluímos o restante tempo. Ora ia eu á frente, ora vinha ele assim sucessivamente até final do tempo, onde na oitava volta e última reservei um pouco da energia e após a passagem do dito ribeiro a cerca de 2 quilómetros da meta tentei novamente descolar e com grande esforço e espirito de sacrifício consegui ganhar a melhor concluído as 8 voltas em 3h:10m no 4 lugar, ganhando cerca de 1 minuto ao 5 classificado em menos de 2km, com 76km e uma média acima dos 24km/h.(ver classificação)

Um dos aspecto que acabei por padecer alem da maldita passagem da ribeira fora a poupança de agua, acabando por fazer a ultima volta sem uma pinga de agua, já que só havia um ponto de abastecimento, á passagem na aldeia e quem lá estava simpaticamente a dar as aguas na ultima volta a garrafas estava sem tampa, com a disputa do quarto lugar não havia tempo a perder acabei a seco.
Ao concluir a prova tive direito a entrevista ao micro feita pelo speaker de serviço o amigo Maneta, mesmo com pouca força ainda conseguir dar meia dúzia de palavras.

Após um banho juntei-me aos meus companheiros do SDT o Pedro Mendes e o João Borda d Agua, que tiverem alguns percalços com atraso de manha, onde juntamente almoçamos no belo salão da junta uma sopa de grau e uma chispalhada regada com muita cerveja. Mais uma vez e de volta aos trofeus lá foi receber o meu acrílico com uma garrafinha de azeite regional e ameixas de Elvas em calda...

Fomos fincando os três acabando por nos juntar á mesa do pessoal da organização a grande família Barbareis.



(De volta aos troféus)

Sem comentários: