23 maio 2011

II Maratona "Por Terras de Seareiros"


E já vai tres semana desde minha última aventura em BTT e que aventura...

Neste fim-de-semana foi a vez de ir estrear o meu quadro restaurado e testado na 2º maratona na aldeia de Forros Vale Figueira (Montemor-o-Novo).

Pela primeira vez estava tudo agendado para ir sozinho, mas á ultima da hora convidei um amigo para me fazer companhia, o Tabarra pois podia haver um azar qualquer e é sempre bom ter alguém. O meu pessoal SDT foi para Raid de Alvalade/Porto Covo e eu preferi ir novamente a Forros, pois a prova do ano passado troce-me boas recordações :-).

A chegada foi perto das 8:00h onde me encontrei com o pessoal amigo destas andanças e como os novos representantes do SDT, o Manuel Semedo e o Telmo Gomes. 
Levantei o dorsal 81 onde trazia uma t-shirt e um bidon e foi calmamente me equipando.

O amigo Tabarra que me fez companhia
Antes da partida foi brincando e conversando com o pessoal onde no total de três distâncias estariam cerca de 250 participantes a partida.


Quando a partida foi dada e eu estava distraído, perdendo logo alguns lugares bem como nos quilómetros iniciais do percurso que foram muito rápidos onde o pessoal foi rolando a grandes velocidades e em grupos.

A maior dificuldade inicial foi a grande quantidade de areia que eu não estava nada a espera e que apesar de andar bem neste terreno fui me ''levando nas rodas'' uns dos outros e me atrasei gradualmente para os da frente. 

Assim fui ate ao km 25 onde o percurso melhorou no piso embora sempre com muitas valas, regos e passagem por ribeiros com muita agua e foi aí que finalmente comecei apertar mais comigo e a conquistar lugares atrás de lugares com o aparecimento de alguns singles técnicos em subida. 
A 10km do fim dei tudo por tudo, o que ate ali não tinha feito, onde numa seara escolhendo um trilho paralelo passei cerca de 4 a 5 bettisas seguidos e alcançando visivelmente mais dois a frente, embora com a consciência que os que tinha passado na seara viriam na minha roda. Mantive o ritmo altíssimo embora começasse a temer que não era capaz de o manter-lo por 10km ainda consegui alcançar mais um atleta e fique com o pressentimento que estaria na 3º posição. 

A entrada na aldeia já não avistava ninguém para traz nem para frente estava um membro da organização que me disse ser o 6º que me desmoralizou, mas já não havia nada a fazer se não cortar a meta onde a tradição este ano se tem vindo a manter do 6º lugar com o tempo de 01h:53m entre 151 participantes a terminar os 43km (ver classificação). Ao menos desta vez não cai nem estraguei material.

Fiquei por ali um bocado aguardar a chegada de mais pessoal e fui aos banhos, o da minha bike e meu.

Ao almoço juntei-me com o estreante nestas andanças Semedo, onde com o Tabarra almoçamos e convivemos num excelente almoço de porco no espeto e algumas tagus.

Fica em resumo mais uma belíssima prova do pessoal do FVF, ao qual deixo o meus parabéns.

Sem comentários: