13 setembro 2010

5º Maratona de Óbidos


A maratona de Óbidos ficou marcada na minha agenda após o ano passado ter participado pela primeira vez nesta prova ao ponto de trocar um casamento para estar presente em terras do oeste onde alem de mim tive como companheiros do SDT a participar mais onze elementos. Um elevado numero, tendo a maioria pernoitado no sábado nas Caldas da Rainha.

Eu arranquei de Estremoz mais o Zé Júlio e a minha namorada Lúcia eram 5:30 da matina em direcção a Óbidos, pois pela frente tinha uma viagem de 200km. 

À chegada  iríamos juntar com o resto do pessoal SDT (J. Lopes, G. Lopes, C. Bilro, L. Bilro, J. Dias, L. Dias, L. Santana, P Guerra, H. Camões e A. Camões), que no dia anterior já tinha levantado os nossos dorsais, ganhando assim mais algum tempo, já que eram esperados mais  de 700 betetistas.

Nas calmas foi-me equipando e ainda tive tempo para estar as lerias com o Carlos Santos, possuidor de uma "mana" da minha MSC Catal, onde antes da prova já nos tínhamos combinado encontrar e "desafiar" no duelo MSC...lol. 
Antes das 9 horas fui para a zona da meta, passando antes pelo controlo 0 onde apesar do enorme número de participantes consegui um lugar perto do pessoal da frente, o que me facilitaria muito um bom arranque. Arranque esse que foi dado pontualmente e com uns  quilometros em alcatrão e uma subida por uma rua de Óbidos, ganhando assim mais uns lugares.

A primeira parte da prova fora muito rápida, com poucas subidas mas muitas zonas de areia onde andei sempre no segundo grupo a perseguir os primeiros, e ao contrario do habitual não consegui ganhar muitos lugares, pois seguidamente apareceram uma serie de singles que limitou um pouco as ultrapassagens... Ultrapassagens essas me fez o Santos com a mana da minha bike, onde rolamos em juntos e  num grupo por uns bons quilómetros, ate que na zona junto há lagoa num grande estradão consegui passa-lo bem com mais 6 ou 7 que seguiam no mesmo grupo. Passando para a frente e sempre a rolar fui puxando pelo pessoal e a tentar ganhar mais algum tempo, só que o pessoal aproveitou a minha roda e não descolou.., com o aparecimento de uma subida paguei caro o esforço sendo ultrapassado pelo grupo todo. 

Nos últimos 10km eram onde estava a maior dificuldade, pois era onde estavam as subidas e eu arrebentado, mas mesmo assim não "baixei os braços", e com grande esforço pois as cambrias já tinha dado sinal da sua existência fui tentando recuperar menos distância para o pessoal da frente (tentar remediar o mal já feito), lentamente fui conseguindo mas o castelo estava já há vista, local onde se situava a meta sempre com um final espectacular e lugar que acabei por manter.
Entre 525 participantes nos 40km terminei em 19º com o tempo de 01h:38m( ver classificação), o que me deixou um bocado frustrado, pois tinha como objectivo melhorar o meu 15º do ano passado.
Um brinde e uma cigarrada..
Á dias menos bons, mas estava feliz por terminei mais uma prova sem quedas nem azares mecânicos. A nível de marcação/sinalização impecável.
Aguardei pela chegada de mais alguns elementos SDT depois fui andando pelas lindíssimas ruas de Óbidos ate parar num café a beber umas minis antes do banho.

A comitiva SDT juntou-se toda e foi ver do almoço, servido ao lado da piscina coberta onde a sombra era coisa rara, iam-se repondo os líquidos com imperial e os sólidos com porco no espeto.
Depois do almoço o melhor era ir queimar as calorias, dando uma passeata pelas históricas ruas de Óbidos.
Em resumo fica o registo de mais uma excelente maratona/percurso tirando alguma arrogância do pessoal da organização na zona de chegada.., o grande numero de pessoal SDT presente e no duelo MSC a do Santos foi mais forte, mostrando uma grande forma física, ao qual o felicito e elogio.

Sem comentários: