11 fevereiro 2010

3º Maratona do Cartaxo

Pelo segundo fim-de-semana consecutivo estive presente a pedalar por solo Ribatejano, com a companhia de mais um elemento SDT, o João Garcia na terceira maratona da Cidade do Cartaxo, organizada pelo Clube de Ciclismo José Maria Nicolau de Almeida e pela Casa do Benfica que doaram uma pequena percentagem da verba das inscrições para uma criança de 19 meses que nasceu prematura e com graves problemas de saúde e que necessita de um tratamento em Cuba. 

Entre perto de trezentos participantes estavam presente o nosso amigo e colega de pedal Nuno Gil. 
Comitiva Estremocense no cartaxo
Esta cidade não só é conhecida pela boa pinga mas também pela terra de grandes ciclistas, alguns deles vencedores da volta a Portugal em bicicleta tais como José Nicolau Almeida, Alfredo Trindade, Francisco Valada e o Marco Chagas. Este último que há semelhança da maratona de Salvaterra também esteve presente como "padrinho" deste evento e participante na meia-maratona, pois apesar dos seus 53 anos, continua a pedalar e a encantar com a sua simplicidade e simpatia. 

A partida foi perto das 6 da matina em direcção ao Cartaxo onde há chegada fomos fazer o levantamento do dorsal, no saco vinha alem da papelada de PUB uma mini garrafa de vinho e uma t-shirt. 

A partida fora feita as nove horas e vinte cinco minutos apenas para as oito senhoras presentes, e cinco minutos mais tarde a partida para os cento e noventa e sete participantes masculinos do percurso de quarenta quilómetros onde eu estava inscrito. 
Comecei logo abrir, mas mesmo assim atrasei-me um pouco para os primeiros lugares, prosseguindo quase sempre no grupo perseguidor..,fui ganhando alguns lugares nas subidas curtas iniciais, mas nunca consegui avistar o primeiro grupo. 
Logo inicialmente a lama foi uma presença constante e que provocou um enorme desgaste de material mas habitual nesta altura do ano. 
O percurso fora composto como subidas/descidas curtas com alguns singles tracks em paisagem diversificadas e muita passagens por povoações. 

Em relação as marcações/sinalizações é de salientar a falta de algumas setas nas mudanças de direcção, bem como a ausência de fitas em alguns locais nomeadamente dentro das localidades, onde por volta do quilometro 19 fez com que o pessoal se engana-se e se perdesse, voltando para traz e onde para mim até me deu jeito, pois ganhei mais um lugares e onde ganhei mais algum animo.

Os últimos 15 quilometros acelerai após passar a mudança de percurso pois fiquei sozinho mais um atleta e como não avistava mais ninguém á minha frente ainda cheguei a pensar em estar nos primeiros lugares...,mas no ultimo posto de controle foi avisado que era 15º, onde o mantive ate final com o tempo de 1h:37m. Com um acumulado de 650m. (ver classificação)

Não é todos os dias que nos encontramos um grande homem
Após o almoço servido no mercado pelo pessoal da organização e com direito só a uma bebida,tivemos a companhia do Gil e da sua esposa Sofia. 

Após o almoço eu e o Calimero tivemos há conversa com o Marco Chagas que se mostrou muito receptivo ao nosso convite para participar na 5º Maratona da "Cidade de Estremoz", que tem data marcada para dia 18 de Abril e que conta com a organização conjunta do SDT e do CCE, onde já estão abertas as inscrições no site Houve ainda entrega de prémios, no qual conseguimos trazer o da equipa de mais longe. 

Em resumo foi uma prova bem organizada, só que a nível de marcação poderia ter sido melhor, e fica a nota negativa mais uma vez para a minha prestação por terras ribatejana, já que os primeiros lugares me rodaram longe das minhas últimas prestações.

Sem comentários: