14 dezembro 2010

6º Rota do Contrabando em BTT

Deste a prova de Riachos em Outubro já tinha dado como encerrado as minhas pedaladas para 2010 mas a pedido de varias famílias lol, lá me convenceram a ir ate á freguesia de Penha Garcia, na beira interior perto de Idanha para participar na 6ª edição da Rota do Contrabando com o J. Dias, L. Bilro e J. Lopes. 

Este evento tem como objectivo principal usufruir das paisagens raianas por onde antigamente se fazia a rota do contrabando a cavalo sendo hoje percorridos em bicicleta.
Com contagem de tempos no final mas sem classificação, ficamos logo combinados de irmos participar na distância maior em ritmo de passeio e com máquina fotográfica no bolso... Após duzentos e poucos quilómetros de Estremoz a Penha e com ajuda preciosa do GPS lá chegamos, á chegada levantamos o dorsal que mais parecia uma folha A4, e que na parte de traz originalmente trazia o gráfico da altimetria e o percurso.
Os quatro magnifivos SDT em Penha Garcia

Á partida estavam perto de 250 participantes onde grande parte eram espanhóis, divididos na distância de 30km e 54km tendo esta última 1250m de acumulado. Tendo estado um boa semana de sol fui participar erradamente com equipamento de verão, pois ao fim de alguns quilómetros em passeio e após uma grande subida espectacular entre pinheiros onde já muitos participantes iam já a pé, o nevoeiro serrado estava á nossa espera... Começamos uma grande descida onde pouco ou nada se via á frente e acabei por gelar por completo e para ajudar o percurso tinha muitas passagem por ribeiros com um piso pesado e saturado de agua.
Soltem o Javali...

A meio ainda encontramos um javali encalhado numa rede, caso para gritarmos e brincarmos " soltem o javali..." Perto dos 30km perde-mos o J. Lopes que não se sentia nas melhores condições físicas, talvez pela culpa ainda do acumulado que ainda tínhamos pela frente.., acabou por ficar na distancia mais curta. 

Após a divisão de percursos e um pouco mais quente comecei a sentir-me bem onde fui sempre puxando pelos meus companheiros ultrapassando muitos participantes com o percurso de sobe e desce constante, onde a lama e agua no piso era mais que muita.. 

Os últimos 10km que ainda pensávamos faltarem no último abastecimento (onde todos eles os achei Q B) mas fraquinhos e com poucas pessoas, falei com meus companheiros e vim para a frente a puxar sozinho afim de esperar por eles antes da meta para concluirmos juntos, só que ao km 52 distraído passei um traço em cal e segui atrás de outro participante, onde mais a frente parei para esperar pelos meus companheiros. Esperei um pouco e resolvi voltar para traz e aproveitar uma ribeira para lavar a bike enquanto esperava pelo meu pessoal que já tinha passado e foi nesse ponto que me apercebi que distraidamente me tinha enganado e que os participantes estavam a ir noutra direcção.

Nevoeiro, frio e bonitas paisagens..
Rapidamente segui desta vez sim o caminho correcto e que por acaso eram mais 3 quilómetros sempre a subir onde ainda tive tempo para um mano a mano com um participante melhor preparado.., conseguindo perto do castelo de Penha Garcia alcançar os meus dois companheiros do SDT que ficaram admirados e surpreendidos com a minha vinda de atrás deles. Juntamente fizemos o ultimo quilometro e espectacular por sinal sempre a descer ate há meta pelo meio de ruas estreitas, algumas delas com menos de dois metros de largura com curvas apertadas em calçada chegado assim com 59km e 1230m de acumulado onde o relógio marcava quase 14 horas...

A lavagem das bikes foi demorada, pois só existia uma mangueira, bem como os banhos também foram de agua mais para o frio do que quente. O almoço foi muito demorado a ser servido onde ainda por cima a cerveja era superbok com um ensopado de javali.


Sinceramente que esperava mais desta 6ª rota, aproveitou-se paisagisticamente os primeiros 30km onde o que valeu foi o companheirismo e brincadeiras com o meu pessoal numa manha fria e húmida cheia de peripécias para mais tarde recordar onde a lama nunca deixou as nossas rodas ficarem enxutas...

08 dezembro 2010

Rescaldo positivo do 1º BTT Ganhões by SDT

Mais uma vez e em nome da Associação BTTMOZ- SDT (Sobe e Desce Team), quero agradecer a todas as pessoas que pelo nosso site espreitaram, se registaram, inscreveram e confirmaram sua presença no 1 BTT Ganhões, bem como a todos os amigos que nos ajudaram a divulgar nossa prova.

Após ler com muita atenção os rescaldos em fóruns, blogs e sites do pessoal presente em Estremoz, mais contente o nosso grupo não poderia ter ficado.., pois vimos o nosso esforço, trabalho e dedicação recompensado com a vossa satisfação e vossas palavras de apoio. Pois era realmente isso que o nosso grupo pretendia e continuara a querer em futuros eventos com a marca SDT, para realmente se realizem bons eventos de BTT contribui a nossa grande actividade participativa de norte a sul do pais, onde trazemos novas ideias, pontos positivos e negativos para no final os reunirmos em ideias construtivas a fim de organizar grandes eventos, mas para isso também em muito contribui a nossa zona de Estremoz sendo a "cereja no topo do bolo" os magníficos trilhos da Serra d' Ossa e arredores mas para isso também é preciso conhece-los bem para os podermos partilhar com vocês todos.

Como podem calcular foram umas semanas.., principalmente a ultima muito desgastante, de correrias para a maior parte do pessoal SDT, como exemplo a marcação do percurso quase toda ela a pé para que ninguém se perdesse onde o conceito continua a ser o mesmos "marcações vistas da lua" e no sitio certo. Logo que possível iremos fazer a sua recolha e voltar a reutilizar as fitas pela 3 vez em próximos eventos.
Á câmara Municipal também deu um excelente apoio ao disponibilizar o pavilhão C, o pavilhão A, as piscinas para banhos, dois veículos 4X4 e mais algum apoio logístico. A Junta de freguesia de S. Lourenço que acarinhou e disponibilizou o abastecimento para o pessoal do passeio (30km) . A Nutrilogia que ofereceu os líquidos energéticos, á Cabo Visão que ofereceu as t-shirtş, á BiciAventura que ofereceu os brindes a sortear na chegada, Cruz Vermelha, Policia etc.. (espero de não me ter esquecido de mais ninguém)

Mas tudo isto não seria possível se TODOS OS ELEMENTOS SDT E AMIGOS não reunissem força, experiência e vontade de realizar este primeiro BTT Ganhões.

Só mesmo o S. Pedro é que continua em nos querer estragar os eventos, mas graças a todos vocês participantes presentes neste passado domingo voltamos a mostrar que não o tememos e que o bom BTT é "puro e duro..", pois com chuva ou sem ela cá estamos para o que der e vier...,para que no final todos os envolvidos sintam orgulho em ler os vossos comentários que nos enchem de muito orgulho e satisfação pelo trabalho realizado, onde qualidade não é para NÓS SDT sinónimo de quantidade em €...

Porque sem ELES não era possível a realização deste evento aqui vai a homenagem simbólica do elementos SDT/ e amigos envolvidos:

-Secretariado

Alda, Júlia, Tânia, Eunice, A. Lúcia, J. Dias, D. Cochicho

-Spikeer

J. Garcia

-Picagens (controle)

J. Marques, J. Lopes, C. Merino, J. Silva e Vera Silva

-Passagem da estrada de alcatrão

A. Merino e Dias, D. Picão e Sónia Lapão, V. Catambas e N. Santos

-Motas 4x4

L. Bilro, H. Mourinha, P. Perdigão e P. Marques

-Pontos intermédios do percurso

C. Bilro, H. Camões, A. Pucarinhas, J. Rato, J. Borralho, F. Cóias, M. Lourenço, J. Godinho, J. Pereira, P. Salsinha

-Abastecimentos

J. Albano, Buinho e J. Pestana, Lúcia Raimundo, G. Lopes e L. Dias.

-Guias do passeio dos 30 km

L. Santana, P. Ramalho e P. Guerra

(Peço desculpa se me esqueci de alguém...)




CADA VEZ TENHO MAIS ORGULHO EM SER SOBE E DESCE TEAM :-))