01 abril 2015

15º BTT Monte do Trigo

Um obrigada ao BTT-TV
Seis meses de ausência de eventos de BTT e com pouco andamento de bike devido aos dias mais pequenos e frios. Mas em sua substituição acabei por me dedicar mais a corrida nestes últimos meses...  

Com o "cheiro" a primavera está na altura de me dedicar novamente mais as bikes e principalmente ao BTT, que tantas alegrias me tem vindo a trazer nestes últimos anos..

Para esta estreia em 2015 e com tem vindo a ser habitual nos últimos anos, a prova da minha aparecião e teste, tem sido Monte do Trigo, este ano que jà conta com a 15 edição.

A manha começou cerca das 7:00h onde tive a companhia da minha namorada e da família Rato no meu "bolinhas". Noutras viaturas seguia o Guerra, o Ruben e suas respectivas senhoras. O A. Beja Neves foi outro elemento SDT presente..
A chegada a esta simpática aldeia já passava das 8h onde no secretariado voltei a reencontrar alguns amigos e conhecidos deste vício.

Rapidamente nos equipamos e fui de imediato para o centro da aldeia, onde já se encontravam um grande número de participantes, a sorte foi que fui "furando" encostado ao passeio e consegui chegar quase aos lugares da frente. A conversa com o amigo Manelito e Jorge do BTT Elvas, aguardamos pela última badalada das 9h do relógio da torre.

Cheio de vontade de paladar e com um inicio muito rolante ganhei mais uns lugares, onde cheguei ao grupo da frente com cerca de 20 participantes divididos para a distancia de 70km e 45km..

Uma das zonas mais espectacular do percurso (single)
Nos primeiros 10 quilómetros, percorridos sempre a alta velocidade o gps registava uma media de 29km/h onde lentamente fui perdendo o contacto visual com o grupo da frente, ficando com a companhia do amigo Manelito.. Juntos percorremos mais algum quilómetro onde começamos avistar o ponto mais alto do percurso, o famoso S. Pedro, mas antes de sua ascensão ainda ande-mos sua volta, onde surgiu um espectacular single e mais três ao quatro subidas, que fez rapidamente disparar o acumulado. Essas subidas ficara sozinho, já que o Manelito ficou para traz. Apos a ascensão ao S. Pedro sabia que eram quase 10km sempre a descer ate Monte Trigo.., com o magnésio esquecido no carro a minha preocupação era as cambrias, pois ja muito que as esperava devido a falta de ritmo.. A três quilómetros da meta finalmente apareceram as cambrias.., mas como era já faltava pouco consegui aguenta-las..

A chegar ao S. Pedro
Ao fim de 01:58h terminei no 8º lugar, satisfeito pela minha prestação tendo em quanta minha preparação e falta rimo e para "ajudar" na semana antes tinha participado no trail de Estremoz, desporto que desgasta muito as pernas..

A guardei a chegada dos meus companheiro SDT..

Com o intuito do dia ser de convívio e confraternização, o BTT era o menos importante, como tal ja tínhamos almoço marcado em S. Mansos onde o ano anterior tinha sido muito bem recebidos. Este ano não foi excepção, voltamos a ser novamente muito bem almoçados e bebidos..

A família SDT junto ao templo Diana, antes da visita ao Socrates
A ida para Estremoz ainda passamos em Évora a bebendo café e a visitar o Sócrates..

Sem comentários: