27 junho 2011

IV Raid "Cidade de Beja"



Na passada quinta-feira dia 25 (feriado) tive um desafio importante, que foi a ida a Fátima, cerca de 165km, que percorri na bike de estrada com mais 4 amigos. Foi uma volta bastante agradável e que conclui sem quais quer problemas físicos, foi só mesmo o desgaste de muitas horas em cima da bike.

No domingo seguinte já estava apto para o IV Raid "Cidade de Beja", onde fui na companhia da minha namorada e do casal e filha "Calimero". Partimos em direcção a Beja cerca das 7:00 da matina já com a cafezada bebida, para este dia esperava-se muito calor com as previsões de 40 graus. 
Á chegada fomos logo levantar os dorsais na sede do Despertar, onde o saco vinha muito pobre, apenas com uma pala paro o vidro do carro e uma garrafa de azeite...
Fomos nos equipando e dirigimo-nos para a zona da manga da partida, onde o pessoal ia circulando de lado para lado de bike.

O calor já se fazia sentir e a partida foi dada alguns minutos depois da hora, partindo da segunda fila o meu objectivo era ir gerindo a distancia para o grupo da frente que se formou logo ao inicio.

Nos primeiros kms muito rápidos comecei a pagar os kms da ida a Fátima e comecei a me distanciar cada vez mais para traz do grupo da frente com cerca de 15 atletas.. Tentei dar o máximo para não me atrazar mais ainda nem ser passado pelo pessoal que vinha mesmo atrás de mim, mas não estava a conseguir e só o que me apetecia era encostar para o lado e desistir.., pois a pernas parecia estar "perras". Cerca do km 15 comecei lentamente a recuperar a cadencia e ao poucos e pouco comecei a me sentir melhor e com uma grande pujança e com tudo isto a passar pessoal. 
Agora um, dois quilómetros mais a frente, outro participante… atá ao quilometro trinta numa seara onde avistei um grupo de 4 atletas a minha frente, mantendo a elevada pedalada consegui alcança-los e de imediato ultrapassa-los numas subidas curtas que surgiram no percurso.. 

Dali atá a mais 2 atletas que estavam á minha frente foi uma "saltada".., onde assumi a cabeça do grupo sempre com uma forte e incansável pedalada, deixamos logo um para traz, ficando sozinho com o Galácio, onde ele me acompanhou quase sempre na roda (excepção de uma passagem de estrada que me enganei e que segui em frente), mas rapidamente o voltei alcançar, chegando juntos os dois ao fim de 54km, onde a entrada da recta da meta, desconhecendo as nossas posições entramos lado a lado numa ponte passadiço de um lago num jardim em Beja onde "discutimos" ate á meta, (ao fim da ponte) com cerca de 1,5m de largura por 80m de comprido a posição, que por centímetros alcancei o 2º lugar com o tempo de 02h:02m mais 3 que o primeiro entre 132 participantes e fazendo com que o publico presente ficasse ao rubro com espectacular e vibrante sprint. (ver classificações)

Momento do sprint final

Repus os líquidos com algumas garrafas de agua, e aguardei com a minha namorada e a mulher pela chegada do meu companheiro J. Garcia.
O almoço foi servido no politécnico onde fomos dos primeiros a chegar e assim a almoçar, onde estava bastante bom. Fomos aguardando pela entrega de prémios, onde ainda houve tempo para ouvirmos um grupo de cantares.



Em resumo fica mais uma bela prova onde mais uma vez provei e mostrei bem minhas capacidades física principalmente em dias de muito calor, voltando assim ao pódio com tido o mérito. Ou seria um milagre de ter ido a Fatima!!!, lol


Todas a fotos qui..

14 junho 2011

5º passeio Rota da Agua


Para este dia estavam agendas três provas das quais eu só poderia ir a uma, então a de Elvas excluía por já ter participado três vezes seguidas, a de Aguiar porque já terá participado duas vezes e por não ter companheiros SDT, então obtei pela de Ferreira, já que seria a minha primeira vez por lá e tinha como companheiro o J. Garcia.

Um pouco antes das 7:00 e já com a cafezada bebida seguimos viagem no meu Skoda em direcção a Ferreira do Alentejo...

Por volta das 8:15 sem nenhum imprevisto chega-mos a Ferreira, onde nos apressamos a equipar antes de irmos levantar o dorsal, já que a azáfama de pessoal era muita. Fomos levantar o dorsal onde já era nosso conhecimento uma jersey alusiva ao evento, bem como mais uma camisa-de-vénus, que parece ser moda lol, uma caneta, um pin e uma pulseira reflectora. Ao lado havia uma mesa com pequeno-almoço, mas o tempo não era muito e ainda tínhamos de ir deixar o saco ao carro.

Após deixarmos o saco dirigimos nos para manga da partida onde por acaso ainda circulava muito pessoal em seu redor, podendo assim ficar na segunda fila e num local melhor posicionado do que inicialmente esperava, pois sabia que pelo menos 320 inscrições estavam esgotadas.

A partida foi dada com uma volta pela vila entrando na estrada de terra batida no primeiro grupo compacto de cerca de 15 atletas.., os primeiros quilómetros foram muito rápidos entre olivais e searas com passagem por algumas ribeiras onde alcancei alguns, mas poucos lugares, pois o pessoal estava muito junto e ninguém queria ficar para traz.. 

Mais ou menos ao quilometro 16 assumi a cabeça de um grupo de 5 ou 6 atletas, onde percorremos alguns quilómetros em volta da barragem de Odivelas com um trilho técnico e de bastante pedra onde continuei a prego mais alguns quilometros, até a uma subida curta mas de muita inclinação na aldeia de Odivelas, ficando aí só com elemento e um á nossa merece, que por acaso era o irmão e companheiro do atleta que seguia na minha roda á minha "boleia"..
Com tanto esforço feito por mim, aconteceu o que já era de esperar, comecei a ter uma quebra, talvez pela falta de descanso e excessos da sexta-feira anterior, pois comecei a pagar o esforço feito em cabeça de grupo.
O meu companheiro de roda apanhou o irmão e seguiram ate apanhar mais um elemento que andava mais á frente.., eu apenas me limitei a os ir vendo juntos talvez a uns 300m a minha frente ate a chegada a Ferreira com 48km desta vez em 5º lugar com o tempo de 01h:45m a três minutos que o primeiroTodo o percurso esteve bem marcado/sinalizado.

Após chegar voltei para traz percorrendo alguns quilómetros em sentido contrário ate encontrar o meu companheiro de equipa para lhe dar alguma força ate á chegada.

Como despachamos rapidamente fomos dos primeiros a chegar ao local do almoço onde antes bebemos umas frescas e comemos uns aperitivos.

O almoço fora bastante bem servido e saboroso onde recuperamos as energias.