20 setembro 2008

3ª Maratona de Ponte de Sôr


No passado ano já tinha estado presente na 2ª maratona de Ponte de Sôr na companhia do João Dias… 
Como gostamos tanto da organização/maratona em verdadeiro ambiente betetista voltamos novamente e desta vez levamos mais pessoal do Sobe e Desce Team: (Luís Dias, João Marques, Paulo Marques, Vítor Catambas e o João Garcia),  tivemos também como companhia o amigo Zé Júlio dos Bombeiros voluntários de Estremoz que teve o seu primeiro batismo em maratonas…. Batísmo esse com a estreia de uma serie de quedas, juntamente com o João Garcia, que lhe deixaram mazela no final da maratona….


A estreia da minha maquina
Alem dos elementos já acima mencionados e únicos representantes de Estremoz fizemos nos acompanhar a Ponde de Sôr com as nossas “tropas” namoradas, mulheres, filhos para mais um dia em convívio, amizade e para cativar para o gosto desta modalidade que todos tanto gostamos. (já agora um agradecimento muito especial para elas por nos apoiarem). 

Todos participamos na meia maratona de 60km que contou com 196 participantes e 73 na maratona de 110km…,onde a maior dificuldade foi a grande quantidade de areia (cerca de 90% do percurso).

A manha começou bem sedo…, eram 6h:30 da matina, onde há chegada a Ponte de Sôr fazemos de imediato o levantamento do dorsal e paramos o carro num parque mesmo ao pé do local da partida onde esperar que o resto da comitiva Sobe e Desce Team desse chegada. 

Até hora da partida foi tempo e arranjar o material e tempo para descontrair dizendo uma
parvoeira tirar umas  fotos de família…, que resultou no termos que partir quase do final dos participantes…

Foi a estreia da minha nova menina MSC que se portou 5 estrelas, acabando eu a prova sem metade dos empenos que tinha apanhado com a minha anterior Scott Voltage e fora tambem a estreia dos novos equipamentos Sobe desce... O terminar a prova consegui obter o 5º lugar com 2:50:29 e media de 22…. km/h na meia maratona.

Nova dupla MSC/Merino
Após maratona feita de traz para a frente onde a areias foi um adversário constante e muito duro… 

Resumo geral:

Pequeno-almoço antes da partida 
 e a partida as horas marcadas.

Abastecimentos: (não parei)

Percurso: muito bem assinalado, só um ou dois pontos assinados de confusão (onde a areia foi uma irritação completa, e palco de grandes susto e aproximações de quedas, algumas zona de vegetação mais fechada onde as silvas e os cardos foram ficando espetados nas canelas, mãos etc… A passagem por zonas com muita agua, onde depois dos 30km vieram as subidas, curtas mas muito inclinadas)

Chegada dos participantes no jardim que dá logo outro estilo e ambiente…,informatizadas, coordenadas e disponibilizadas no mesmo dia na net 

Banho: Agua quentinha e no mesmo local do almoço (ao contrario do ano passado)

Almoço: 5 estrelas (sopa, febras, frango, salsichas fresca, fruta, doce, café, imperial, vinho)

Os brindes  ainda melhores que o ano passado e que jeito dei a carteira de primeiros socorros no final ao Caliméro e o Zé Júlio…

Meus dois amores

Fica o registo e no calendário mais uma maratona a repetir, depois de excelente dia de convívio, participação e prestação do pessoal Estremocense numa grande organização que nem a do BTTSor.


Ver todas as fotos:
ver video BTT-TV: