12 junho 2016

10º BTT Rota da Agua

Para este fim-de-semana tinha em mente um domingo em família e longe de Estremoz, onde a minha esposa ainda não tivesse ido...  

Então resolvi regressar a Ferreira do Alentejo, a ultima vez em 2011 na mesma prova..., só que desta vez este evento estava integrado na Taça de Maratonas Beja... 
Taça a parte o meu objectivo era aproveitar o dia e dar o máximo como sempre no evento, composto por três distâncias, 25km, 45km e 70km.. optei pela intermédia..

Saída em direcção a Ferreira já passava das 6h da matina e pelo caminho ainda tive tempo para me enganar no itinerário.  Mesmo assim cheguei com tempo, para demorar mais de 15min n levantamento do frontal...
Entrei no controle 0 cerca de 15min antes da partida onde já tinha um grande grupo na frente, principalmente aqueles que estavam a discutir o troféu.

Saída por mim muito lenta, com muita dificuldade nas ultrapassagens. Consegui-me desenvencilhar de alguns atletas mais lentos ainda dentro da vila, mas já tinha perdido algumas centenas de metros para a frente da corrida. Os primeiros quilómetros tivemos a particularidade de zona de muita areia. 

Aí se formaram dois grupos com cerca de dez elementos cada um, separado por cerca de um minuto. com meu atraso na saída só me restava engrenar na calda do segundo grupo com uma velocidade de loucos, superior a 30km/h, mas que me mantive de "pedra e cal".

Com um percurso muito rolante e monótono comecei a perder a esperança de recuperar lugares, pois as posições se mantinham e ninguém descola, afinal de contas estavam muito atletas na disputa dos pontos do troféu..

Cerca do km 20 surgiu o ponto onde era esperada a maior dificuldade, cerca de 10km em sobe e desce continuo pelo meio de olivais, onde notei grande fragilidade do grupo. Assim assumi a cabeça do grupo ate a separação cerca do km 30...
Desconhecendo a minha posição, pois não sabia quantos do primeiro grupo seguiram para os 45km,  só restavam dois atletas sempre colados na minha roda... atletas esses que se mantiveram ate ao fim...

No ultimo quilometro ainda tivemos tempo para apalavrarmos os lugares de chegada, com reconhecimento da minha superioridade, entregue directamente o lugar, ao qual agradecido orgulhosamente, pois afinal eram um júnior a reconhecer a reconhecer a minha , só que o outro elemento também era do júnior o que lhe abdique o meu lugar para eles disputarem o lugar em sprint...


Chegue ao fim na 6º posição e 2º no meu escalão com o tempo de 01h:40m, a menos de dois minutos do 2º lugar da geral e com mesmo tempo do 4º e 5º (juniores).

Tomei um banho, bebi umas minis com amigo Tubias do BTT -TV e procurei um restaurante para almoçar, já que não fiz a inscrição com almoço devido ao espaço ser na rua  num dia de muito calor e ter levado a minha herdeira com um mês de vida. 


Após o almoço em família passei pelo recinto, onde fui de condecorado e recebi o meu merecido troféu..



Em geral o que ganhou foi o dia vem passado em família, pois o percurso apesar de minimamente vem marco fora muito monótono, rápido e necessitava de maias alguma coisa para fazer a diferença... de resto os meus parabéns a todo o staff presente pois sem eles não era possível o evento...   

05 junho 2016

2º Rota Aranhois do Asfalto BTT

Segunda edição e segunda minha participação na aldeia simpática dos Orvalhos.., minha e de mais 8 elementos SDT...
Para este evento estavam estipulados duas distancias, 30km e 50km.., tendo como palco as encostas da Serra d'Ossa, já para não comentar a minha falta ritmo (oito meses 3 provas), optei pela distância mais curta como é óbvio por uma questão classificativa, eu e mais de metade dos inscritos.
Com uma manha fresca optei por deixar a minha herdeira e a mãe em casa, onde acompanhei na comitiva SDT...

Single track muito engraçado
A chegada aldeia fiz levantamento do frontal e dirigi-me para o ponto de partida onde quase todos os participantes já se encontravam na linha de saída.

Cerca de uma centena, onde mais de metade seria para a minha distância...

Saída dentro da hora, com início rápido, fui passado atletas e nos primeiros quilómetros avistando a frente de corrida composta por cerca de 5 elementos...

Com um percurso muito variado paisagisticamente, com sobe e desce, esperava as subidas mais inclinadas. 
Mantive o lugar onde recuperei mais alguns lugares, esses atletas dos 50km.


Na separação cerca do quilometro 20 ja seguia isolado, embora desconhecendo a posição para a distancia qual iria completar..

Ate  aos Orvalhos ainda tinha uns quilómetros pela frente e mais umas subidas, não baixei os braços e já com picadas de cambrias e de dentes serrados consegui concluir no primeiro lugar os cerca de 34km  em 01h:24m com cerca de 700m de acumulado, na primeira posição... (objectivo concluído)

Para muitos, mais uma dor de "cotovelo" pela minha participação na distância mais curta.., para mim um orgulho devido ao pouco ritmo e quilómetros de treino..., pois alguém tinha que dar mais que o máximo para conquistar essa distância.. Foi o que fiz como sempre o faço, mostro raça e sacrifício...
Últimos quilómetros de prova, onde o esforço era visível

Mais que merecido o pódio....

Rapidamente fui tomar duxe e vim a Estremoz buscar a família para a melhor parte onde sou um verdadeiro campeão, nas cervejas...

Almoço que se prolongou ate ao lanche e mais uma vez uma grande mesada de comida muito variada onde prato principal foi a enorme quantidade de lasgostins, confeccionado só o pessoal dos Aranhoes nos trata assim..

Pessoal este da organização que mais uma vez estiveram impecáveis, desde a escolha dos trilhos, marcações e todo evento em geral, 6*...