25 setembro 2015

1º Resitencia Cidade de Borba

Para este fim-de-semana estava dividido entre dois eventos. Uma maratona e uma resistência. Com minha preferência em maratonas e para mais num evento em que participei algumas vezes, tinha como destino ir ao Fôjo (Rossio ao Sul do Tejo).., só que quando ia a fazer a inscrição e pagamento deparei-me que  as boxes eram criadas pela ordem de pagamento.., o que não concordo e injusto para quem quer tentar um melhor resultado .. 

Uma das passagem pelo "castelo" de Borba
Sendo assim virei-me para a e residência  mesmo aqui ao lado, em Borba..

Prova com inicio marcada para as 9:30h, sai já passavam das 8:30h onde tive como companhia, a minha namorada. 
Os outros restantes elementos SDT presente saíram de bike já que não ficavam para almoço.

Para estas duas horas eram esperados cerca de 60 atletas, o que nas calmas levantei o frontal e sem pressas fui-me equipando. 

Foi lançada  a partida, eu sai mesmo de traz do pessoal, já que minha  principal preocupação devido a falta de  quilômetros de bike, era a gestão.. 




O percurso era composto por cerca de 5km onde tinha um subida inclinada e longa, uma zona mais técnica dentro do bosque e uma zona muito rápida a descer em direcção a Borba, inclusive percorremos algumas  ruas da cidade. 


A primeiro volta e após alguns enganos dentro de Borba passei a meta na 6º posição, logo a traz da frente da corrida, na segunda volta recuperei mais uma posição e na terceira volta já estava no terceiro lugar..


Quando não ´preparação, á espirito de sacrifício
Passados 8  dias em duatlo, mais um podio desta vez em BTT



Ao fim de duas horas e onze minutos, conclui o evento sem quedas sem furos no 3º lugar com 10 voltas, 50km e acumulado de quase 900m a alguns segundos do segundo classificado Luís Ruxa, e a pouco mais de um minuto do primeiro classificado, tempo este de diferenças quase sempre uma constante repetida em cada volta desde a primeira volta.




O almoço foi servido num explanada, onde apesar da demora estava muito bom..



Só resta agradecer o apoio do pessoal espalhado pelo percurso assistir, a minha namorada Lucia que me deu abastecimento e a excelente organização 33cl pelo trajecto escolhido e logística.

16 setembro 2015

1º Duatlo de S. Vicente

Um evento de duatlo tão desejado por mim.., não foram mais atletas.., tivessem ido.., pois o evento foi realizado com nota máxima e com responsáveis da federação de triatlo presentes...
Tinha como objectivo a participação na taça duatlo de Portalegre. Falhando a primeira prova por outro compromisso, a minha aposta era nos outros três eventos agendados, só que dois deles acabaram por ser anulados a excepção da ultima prova em S. Vicente, Elvas..



fim da primeira corrida
A chegada levantei o frontal, que para começar mal tinha sido trocado por outro participante.., apôs alguns procuras a organização prontamente resolveu o engano.
A partida as 9:15h onde os cerca de trinta atletas tinham pela frente 5km de corrida, 20km BTT e mais 2,5km de corrida.

Saida da transição em bike
Saída rápida como de esperar e fundamental na provas duatlo curto, fiquei isolado nos primeiros 500m com mais dois atletas, onde na passagem da primeira volta pela zona transição mantivemos as posições, logo a seguir um dos atletas não aguentou o ritmo elevado e acabou por ficar para traz..

Até a transição mantive-me de "pedra e cal" a traz do atleta pois já estava a prever uma transição lenta e aposta seria no BTT..  Assim foi.., lenta, tao lenta que saí na terceira posição com cerca de um minuto para o primeiro e recuperando de imediato o segundo lugar. Ainda com os sapatos largos, os fones a cair o gps a procura de sinal numa zona muito rolante fui encurtando a distancia, no inicio de uma pequena subida e já com cerca de 6km pedalados consegui alcançar o meu adversário e ultrapassado. Ainda se aguentou na minha roda algumas centenas de metros, mas lentamente foi ficando para traz..

Entrega de prémios
Como "ate lavar os cesto á vindima" não baixei o ritmo e foi lutando contra o vento de frente, uma subida longa de pouca inclinação e uma valente dor de costas... Isolado cheguei novamente a transição para os últimos 2,5km de corrida, onde na mudança voltei a perder mais tempo, só que o tempo ganho no BTT deixou-me mais descansado, acabando por efectuar mais calmamente e a conversa a ultima fase na companhia do elemento da organização que seguia na frente da corrida de bike...

Com a vitoria justamente só restava saborear a minha segunda participação em duatlo e a minha dobradinha..

O almoço foi servido no pavilhão multiusos onde ao som de musica se fez a entrega de prémios e o almoço/lanche convívio onde troquei experiências e conheci novas e simpáticas gentes..
Recinto do almoço/lanche
Só me resta dar os parabéns associação  Vicentina e  aos muitos voluntários disperso pelo percurso e que de forma muito simpática no acolheram e que se dispuseram na realização deste evento... Só tenho a dizer bem de tudo em geral..


Continuem que estão num bom caminho.. 

08 setembro 2015

8º BTT Sopa da Pedra

"A remar contra a maré"
Com muita vontade de retumar as lides com a bike em provas, mas com muito 


Este evento fazia parte do campeonato regional de Setúbal.., eu era uma espécie de infiltrado na classe promoção..


A saída estava dividida em boxes, onde com o intervalo de 2 minutos iam saindo os atletas nas diferentes categorias.. 
A mim calhou e me a ultima boxe, (pensando eu ser o pessoal da promoção dos 45km) só que desconhecia o regulamento (pelo menos no site não situava partidas diferentes).

Arranquei bem e apesar de falta de andamento senti-me bem fisicamente e fui passado, ultrapassando muitos atletas chegando muito perto da frente dos 80km, julgando eu estar nos primeiros lugares da minha boxe (e na realidade estava em 2º) ..
A separação ocorreu a cerca de 5km do fim onde as cambrias ja desde os 30km que me vinham a "morder".. Quando me deparei com vários grupos divididos na minha frente!!.. 
Fique admirado pois só fora ultrapassado por um participante vindo de traz comigo, mas pensei que fossem dos 45km da taça que partiram na boxe a frente, mas que nada ia influenciar minha classificação..



Na chegada conclui a prova em 01h:48m e terminei em 18º da geral, a 6 minutos do vencedor dos 45km entre 230 a terminar a minha distancia, só que "prejudicado" por sair traz dos outros 16 a atletas , ao qual perguntei a organização como era a divisão de boxes!!! Ao que parece agora ser por ordem de pagamento mesmo dentro do limite estipulado pela organização e este sim referenciado no regulamento...

Não concordo e muito menos é justo.. Partir na frente da boxe e ter que passar cem atletas para conseguir ganhar a prova.., isto ate porque nem toda as pessoas tem possibilidades de pagar de imediato ou não sabem da sua disponibilidade... 
Sim boxes divididas por escalões ou distancias, agora por data de pagamento!!
Em relação as marcações, percurso e almoço estava muito bom.



Só é pena em tantos evento de BTT em que participei, pela primeira "senti-me" discriminado e prejudicado ( sem ter conhecimento) na data do pagamento (mesmo comprido a dada limite no regulamento).