29 outubro 2012

3º Raid BTT do Santos (Alvito)

Na vila do Alvito realizou-se o 3º Raid BTT dos Santos, local este onde nunca por ali tinha pedalado, mas já ouvira falar muito bem da organização e dos percursos.

Com cinco domingos de boa vida..(sábados alegres, manhas de domingos tristes...), a falta de ritmo era de esperada e para ajudar á "festa" uma constipação á última hora também não ajudava em nada.

A manha começou por volta das 7 horas com uma hora a mais dormida, já que na madrugada houve a mudança de hora.
Fui buscar a minha namorada que já á muito não me fazia companhia nestas andanças e o companheiro L. Bilro do SDT, que me acompanharam em mais um domingo que nasceu frio mas com sol.

A chega fora perto das 8:20 onde rapidamente e sem demora levantamos o frontal onde o saco continha a habitual papelada e um par de meias cor de rosa!!, referente ao evento.

Para esta prova estava inicialmente confirmados cerca de duzentos participantes entre o passeio, a distância de 45km e 70km.
Antes da hora já estava junto á manga de partida, não muito bem colocado devido a uma grelha quadrada no chão que me impedira de estar junto aos lugares da frente, mas sabendo que iríamos dar uma volta pela vila com passagens novamente pelo mesmo local, não gostando eu de andar a pôr-me á frente de quem já lá estava, ali permaneci ate ser dada a partida onde durante a volta pela vila recuperei muitos lugares e me encostei ao grupo da frente.

À saída muito rápida do alcatrão entramos a grande velocidade no percurso inicialmente a descer onde segui na cauda de um grupo de cerca de 20 participantes, ganhado alguns lugares na entra de um "single" a subir com pouca inclinação, mas longa no comprimento, onde ate ao quilometro 10 segui na cauda do grupo mas sempre a ver o primeiro (já que estavam a pouco mais de 50 metros á frente) surgi-o a divisão e com ela o fim daquela subida  onde de repente o pessoal parece ter "evaporado" na minha frente com o inverter da subida a descida.

Uma bonita terminação de frontal..
Perdendo o grupo da frente der repente fiquei com mais dois participantes, eles de roda 29 e eu de triciclo (roda 26), onde ao contrário do habitual perdia distância nas descidas e nas zonas rolantes, recuperando nas subidas e nas zonas mais técnicas.

Foi uma prova caracterizada por muitos singles, uns naturais (feitos pela passagem de animais), outros feitos pelo pessoal da organização.
Ate final todo o percurso fora muito idêntico, sobe, desce e estradão, apenas me limitei a gerir o esforço e concluir a prova, embora ainda com uma preocupação final de não perder mais dois lugares pois a cerca de 7km do fim numa zona de single fui praticamente apanhado por dois participantes que apareceram das "estevas" sem mais nem menos, mas acabaram por perder um dos bons momentos do percurso, mais um espectacular single, para mim o melhor deles todos.
Ao fim de 48km e o tempo de 01:53 terminei no 8º lugar entre 109 participantes, (ver classificação) posição esta que ficou logo marcada desde o início. Este lugar acabou por souber a pouco, pois este percurso tinha todas a características a meu favor, só que eu não tinha a bike mais indicada., uma 29 lol.
Ate posso ficar a 10mim do primeiro.., mas o primeiro fica a muitas sagres de mim..lol
Após a chagada do meu companheiro de equipa, fomos ao merecido banho e depois como habitualmente fomos repor os líquidos (umas belas e frescas minis) num café ao lado do jardim junto á zona da  meta.

O almoço fora servido categoricamente na escola com auxílio dos alunos de Hotelaria.

Em resumo fica uma boa organização embora, apenas um reparo para que tivessem utilizado pó branco nas mudanças direcção, pois á sempre gente maldosa e bastava um derrubar as estacas e era capaz de ser mais confuso.., bem como pelo que me apercebi no final pessoal a não fazer o single track do moinho, (uns involuntariamente outros nem por isso..),acabaram por perder o melhor, mas ganharam algumas posições..lol

13 outubro 2012

Bike de Brandon Wiggins...

Vale a pena perder 5 minutos a ver este espectacular video..


Martyn Ashton, ciclista profissional, resolveu mostrar que faz tudo e mais alguma coisa com qualquer bicicleta, até uma bicicleta de estrada.
O seu novo “brinquedo”, uma Pinarello Dogma 2 de fibra de carbono, comprada por cerca de 13.000€ a Brandon Wiggins, campeão do Tour de France, serviu para este vídeo onde mostra que consegue fazer praticamente de tudo com uma bicicleta de estrada.